Quero ser Woody Allen

Final de jogo: match point para a Piauí que publicou “Fora de Órbita”, um primoroso artigo de divulgação científica que, aos desavisados, mais parece uma grande piada. Allen se apropria do linguajar científico para contar mais um de seus causos que, lógico, está relacionado à sua atração por uma de suas secretárias.
A área da ciência escolhida é a Física. A maestria com que passeia pelos conceitos e os insere no cotidiano, nos torna a nós divulgadores científicos completos idiotas incompetentes, principalmente quando percebemos a quantidade de horas que dedicamos a imaginar a tentativa infrutífera de inserção de um reles termo científico em um assunto banal. Some-se a tal, sua característica mais marcante: o humor ácido, que vai fisgando lentamente o leitor, até que ele não consiga desgrudar os olhos do texto, mesmo com aquela imensa quantidade de termos científicos.
Para quem é da área, uma delícia de leitura! Para quem não é, um mar de termos a serem pesquisados e comparados os empregos a que foram submetidos pelo escritor. Aos que não são curiosos, bem, uma belíssimo texto nem sempre agrada a todos, é uma questão de estilo também.
Não encontrei o texto digitalizado, portanto, é melhor dar um pulinho até a banca e comprar a Revista Piauí deste mês para ler o texto do Woody Allen e guardá-lo, vale a pena!



Escrito por Silvia Cléa às 16h13
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
Ciência e Idéias
SempretextoS
SEMCIÊNCIA
It's Equal but It's Different
Via Gene
Chi vó, non pó
Roda de Ciência
Biodiverso
Cais de Gaia
Ciência Pública
Uma Malla pelo mundo
Caminhos do Conhecimento
Freud explica
por dentro da ciência
Not Even Wrong
Running a hospital
eCuaderno
Click Ciência
A Mosca na Sopa
O Dragão da Garagem
Entropicando
Você que é biólogo
Laboratório de Divulgação Científica - LDC
Ars Physica